Ricardo Azevedo - 15 Anos de Carreira

Facebook Oficial Ricardo Azevedo

Agenda 2016

  • 23 janeiro | Teatro Cine | Pombal | 22h
  • 28 janeiro | Feira da Caça e Turismo | Macedo de Cavaleiros | 21h
  • 19 fevereiro | Cine Teatro | Estarreja | 21h30
  • 11 março | Cine Teatro D.João V | Amadora | 21h30

23.9.09

O amor segundo Ricardo Azevedo

Ricardo Azevedo lança na próxima segunda-feira "O manual do amor", o segundo álbum de originais. Depois de "Prefácio", o artista surge agora num trabalho que descreve como "mais orgânico" e com um nome "sugestivo".

De acordo com o cantor, este disco representa algo mais "fresco", sempre dentro da pop e do rock. Apesar do nome do CD, o artista garante que não pretende dar conselhos, mas sim sugerir que "as pessoas, com as suas vivências, façam o seu próprio manual do amor". Até porque, recordando a música homónima, Ricardo Azevedo afirma que o manual "não se vende, nem se compra".

No que toca a objectivos, o artista considera que, neste momento, não está a quantificar nada. "As coisas têm corrido bem. Quero é construir uma carreira sustentada e sempre com os pés bem assentes na terra", explica.

Para se lançar a solo, Ricardo deixou para trás seis anos no grupo EZ Special, garantindo que, com esse passo, estava "à procura de realizar um sonho antigo, lançar um disco a solo". Assim, foi "um artista que fez uma ponte de uma banda para uma carreira a solo, de Inglês para Português e foi um sucesso", garantindo, contudo, não ter sido fácil. Em 2007, o cantor lançou "Prefácio", no qual constavam canções como "Entre o sol e a lua" e "Pequeno T2", que acabaram por lhe conferir alguma notoriedade.

Quando se lançou a solo, Ricardo Azevedo começou a cantar em Português. Esta mudança possibilitou que desaparecesse "uma barreira" com o público, pois o cantor tinha a consciência de que algumas pessoas não compreendiam o que cantava.

Na hora de compor, Ricardo compara-se com uma "esponja", porque gosta de "absorver tudo". "O melhor elogio que me podem fazer é 'aquela música encaixa na minha vida'", afirma.

Neste ano, o músico fez a primeira parte dos concertos que a cantora americana Anastacia deu em Portugal. O cantor garante ter gostado, uma vez que isso proporcionou tocar para o "público dela em Portugal".

21.09.09
Jornal de Notícias

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agenda 2015

  • 31 Outubro | Auditório do Centro Cultural | Vila Nova de Fôz Coa | 22h