Ricardo Azevedo - 15 Anos de Carreira

Facebook Oficial Ricardo Azevedo

Agenda 2016

  • 23 janeiro | Teatro Cine | Pombal | 22h
  • 28 janeiro | Feira da Caça e Turismo | Macedo de Cavaleiros | 21h
  • 19 fevereiro | Cine Teatro | Estarreja | 21h30
  • 11 março | Cine Teatro D.João V | Amadora | 21h30

15.10.07

Rádio Mar, 12 Outubro 2007




Ricardo Azevedo visitou as instalações da Rádio Mar.

“Pequeno T2” de Luxo

O ex-vocalista da banda EZ Special acaba de editar o seu primeiro álbum a solo. Ricardo Azevedo é um dos fenómenos mais recentes da música portuguesa, com vários temas em destaque nas rádios e nas televisões nacionais. “Pequeno T2”, primeiro single do álbum, é também a música de uma grande campanha publicitária a uma instituição bancária

O gosto pela música já tem algum tempo…

Sim, fui, no fundo, "empurrado" para a música pela minha mãe, que achava que eu tinha capacidades para ir longe. Na altura tinha cerca de 13, 14 anos era muito tímido e ela incentivou-me a tocar música, e o meu pai comprou-me uma guitarra… e depois na brincadeira com o pessoal do liceu começamos a tocar, passei por muitas bandas e aqui estou.

Os EZ Special foram uma rampa de lançamento para o sucesso. Grande parte dos temas de êxito da banda eram da sua autoria…

Sim, fui eu que escrevi essas músicas e sinto-me muito feliz por isso. Agora estou neste novo projecto a solo e em português. Já pensava nisto desde 2003, é daqueles sonhos que não me saía da cabeça, sinto-me muito mais realizado, tanto por aquilo que fiz na banda como agora a solo, estou a crescer passo a passo, e felizmente está a correr muito bem…

Como define este álbum, "Prefácio"?

É um disco de canções, e acho que assenta na pop. Tenho no disco treze canções onde tento pisar territórios que não são usuais para mim, para experimentar outros caminhos que me poderão ser úteis no futuro. Tentei fazer um disco diferente, que cada música tivesse a sua personalidade, e acho que isso foi conseguido. Existe um fio condutor nas minhas músicas que são a canção, a estrutura clássica e também tento que todas elas sejam melodiosas e que cheguem mais rápido às pessoas.

Estando habituado a compor em inglês, sentiu dificuldade na elaboração dos temas em português?

Foi um desafio. Claro que estou habituado a fazer canções, mas sobretudo em inglês, agora tive de facto que ouvir muita música portuguesa e de vários estilos para não me "colar" muito a algum artista. Queria ser eu mesmo, e não seguir uma linha de algum nome conhecido, penso que consegui.

"Pequeno T2" é o sucesso e o primeiro single do álbum. Afinal já conseguiu o T2?

Isso já foi há muito tempo, após o lançamento da música "Daisy" nos EZ Special, tomei a decisão de sair de casa dos meus pais e alugar um apartamento para viver com a minha namorada (actual mulher), não tinha nada, apenas um sofá, uma televisão com a antena do prédio avariada, só podíamos ver Dvd’s, foi uma loucura… e nessa altura escrevi a música "Pequeno T2" que nem era para entrar neste meu disco de estreia, e que acabou por ser o meu primeiro êxito a solo.

Já está a trabalhar no próximo álbum?

Já tenho muitas músicas feitas e estou ansioso para começar a trabalhar na pré produção do disco em Fevereiro. Tenho que falar com a editora, pois gostava de fazer um grande disco porque penso que vai ser mais importante do que o primeiro, pois é a afirmação, vai seguir a mesma linha musical do "Prefácio" com novas canções e sempre em português.

Fonte

Entrevista

Vídeo

Sem comentários:

Enviar um comentário

Agenda 2015

  • 31 Outubro | Auditório do Centro Cultural | Vila Nova de Fôz Coa | 22h